Imagem capa - FOTOMETRIA - Triângulo da exposição por Wesley da Silva Rocha
Fotografia básica

FOTOMETRIA - Triângulo da exposição

Existem alguns conceitos que vão ao cerne da fotografia e podem ser enquadrados como básicos e ao mesmo tempo fundamentais, um deles é o do “triângulo de exposição”, termo que engloba três variáveis: velocidade de obturador, diafragma e ISO.


Abertura de diafragma - Diafragma é orifício pelo qual a luz atravessa a lente, até chegar ao corpo da câmera. Os valores de abertura do diafragma vão depender da lente utilizada e, podem variar entre F/1.2 ate F/32, onde F/1.2 é extremamente aberto (Passando muita luz), e F/32 é um valor extremamente fechado (passando pouca luz). Veja exemplo abaixo:


Abertura da lente e profundidade de campo são grandezas inversamente proporcionais, ou seja, quanto mais aberta (recebendo mais luz) sua lente, menor será a profundidade de campo da cena (ou seja, menos estará em foco) e vice-versa.


Velocidade de obturação - O obturador, funciona como uma cortina que impede ou não a passagem da luz que chega através da lente até o sensor da câmera. Os valores podem variar entre 1/8000s até 0,20s, dependendo da sua câmera. Entenda por estes valores 1/8000s = 1 segundo dividido por 8000, e 0,20s = 20 segundos de exposição. Veja exemplo ao lado:

Além de afetar a exposição, a mudança na velocidade de obturação gera efeitos diretos no desfoque de movimento da imagem. O que isso quer dizer? Quer dizer que, quanto menor a velocidade de obturação, mais chances de desfoque de movimento, e vice-versa.


Sensibilidade ISO - O valor ISO, é basicamente a sensibilidade do sensor em relação à luz que o atinge, o ideal é sempre tentar mantê-lo o mais baixo possível, pois aumentos acentuados na sensibilidade podem gerar ruídos na imagem.


E ai, curtiram essas dicas? Em breve terá muito mais por aqui! Fiquem ligados ! 

Sds, 


Wesley